Lamego

 

Com uma área de 166,71Km2, o concelho de Lamego é limitado a norte pelos municípios de Mesão Frio e Peso da Régua, a leste por Armamar, a sueste por Tarouca, a sudoeste por Castro Daire e a oeste por Resende. Subdividido por 24 freguesias, com 27.276 habitantes – Almacave, Avões, Bigorne, Britiande, Camres, Cepões, Ferreirim, Ferreiros de Avões, Figueira, Lalim, Lazarim, Magueija, Meijinhos, Melcões, Parada do Bispo, Penajóia, Penude, Pretarouca, Samodães, Sande, Sé, Valdigem, Várzea de Abrunhais e Vila Nova de Souto d’El-Rei – tem o seu feriado municipal a 8 de Setembro. Lamego, de topografia bastante acidentada, é uma região assente na produção agrícola. Das suas frutas, cereais e carnes, são os vinhos que lhe dão mais notoriedade – sobretudo o vinho do Porto e os vinhos espumantes. Cidade antiga, datada já do tempo do Império Romano, foi reconquistada aos mouros em 1057 por Fernando Magno de Leão. Lamego foi inicialmente prevista como sede do distrito, todavia em 1835 essa distinção foi dada a Viseu, pela sua posição central. Dos seus inúmeros monumentos destacam-se a Sé catedral, a Igreja de São Pedro de Balsemão, o Santuário da Nossa Senhora dos remédios, o Paço Episcopal, … Na sua gastronomia típica salientam-se os presuntos, o cabrito assado com arroz de forno e a sua excelente produção de vinhos.