Penedono

 

Com uma área de 134 km2, o concelho de Penedono é limitado pelos municípios de São João da Pesqueira a Norte, Vila Nova de Foz Côa a Nordeste, Meda a Este, Trancoso a Sul e Sernancelhe a Oeste. Penedono é composto por 9 freguesias, nas quais residem 3.401 habitantes: Antas, Beselga, Castainço, Granja, Ourozinho, Penedono, Penela da Beira, Póvoa de Penela e Souto. O seu feriado municipal celebra-se a 29 de Junho. Situado onde “ a Beira acaba e o Douro começa”, na sub-região do Douro, Penedono é ocupado desde tempos bastante remotos. Ao longo dos tempos, foram passando por aqui romanos, alanos, vândalos, suevos godos e árabes, povos que deixaram as suas marcas. Em 1195 D. Sancho I concedeu-lhe o foral, que viria a ser confirmado em 1217 por D, Afonso II e, em 1512, por D. Manuel I. Dos seus inúmeros monumentos sobressaem Castelo de Penedono, Pelourinho de Penedono, Pelourinho do Souto, Necrópole da Senhora do Monte, Necrópole da Lameira de Cima, Menir do Vale Maria Pais e igrejas. É um concelho de agricultura, pecuária e produção de castanha. No Concelho de Penedono é produzida uma grande variedade de objectos de artesanato de verga, madeira, latoeira, junça, lã e linho. Dos seus pratos típicos destacam-se as seguintes especialidades: Sopa de Legumes com Castanhas, Lombo Recheado com Castanhas e como sobremesa Bolo Frio de Chocolate e Castanhas.