São Pedro do Sul

 

Com uma área de 373,76km2, o concelho de São Pedro do Sul é limitado a nordeste por Castro Daire, a sueste por Viseu, a sul por Vouzela, a sul e oeste por Oliveira de Frades, a oeste por vale de Cambra e a noroeste por Arouca. Subdividido por 19 freguesias, com 19.125 habitantes – Baiões, Bordonhos, Candal, Carvalhais, Covas do Rio, Figueiredo de Alva, Manhouce, Pindelo dos Milagres, Pinho, Santa Cruz da Trapa, S. Cristóvão de Lafões, S. Félix, S. Martinho das Moitas, S. Pedro do Sul, Serrazes, Sul, Valadares, Várzea e Vila Maior – tem o seu feriado municipal a 29 de Junho. O concelho é caracterizado por declives acentuados e horizontes vastos. É o terceiro maior concelho do distrito do distrito de Viseu em área. Da sua região salientam-se as termas de São Pedro do Sul, conhecidas por todo Portugal. Os documentos históricos mais antigos de São Pedro do Sul datam do século XI. Todavia já foi comprovado a existência de povoações organizadas em unidades de exploração agrícola (villas) anterior a essa data. Do artesanato local destacam-se a cestaria de vimes e de verga, a pirotecnia, as meias de lã de quatro agulhas, os linhos e mantas e os artefactos de madeira. A nível de gastronomia, o concelho é conhecido pela Vitela assada à moda de Lafões, pelo Cabrito assado da Gralheira, pelo Arroz de castanhas e de frango à moda de Lafões, pelo Arroz de Sanchas, pelos Caçolinhos do Vouga, pelas Sopas Secas e Papas de sarrabulho.