Satão

 

Com uma área de 212 km2, o concelho de Sátão é limitado pelos municípios de Moimenta da Beira e Sernancelhe a Norte, Vila Nova de Paiva a Noroeste, Aguiar da Beira a Este, Penalva do Castelo a Sul e Viseu a Oeste. Sátão é composto por 12 freguesias, nas quais residem 13.342 habitantes: Águas Boas, Avelal, Decermilo, Ferreira de Aves, Forles, Mioma, Rio de Moinhos, Romãs, São Miguel de Vila Boa, Sátão, Silva de Cima e Vila Longa. O seu feriado municipal celebra-se a 20 de Agosto. Situado na zona do planalto da beira Alta, o povoamento primitivo desta região remonta ao período Neolítico. Vários vestígios foram encontrados na área do município, entre os quais se destaca a Orca dos Juncais. Em 1111, o conde D. Henrique e D. Teresa concederam carta de foral a Sátão. D. Sancho II passou nova carta de foral, em 1204, que D. Manuel I renovaria em 1514. Dos seus inúmeros monumentos sobressaem Nicho Da Senhora da Boa Viagem, Mosteiro de Santa Eufémia, igrejas, capelas, pelourinhos, santuários e antas. É um concelho de agricultura, indústria de lacticínios, transformação de madeira, produção de castanha e turismo. No Concelho de Sátão é produzida uma grande variedade de objectos de artesanato de cestaria, latoaria, tapeçaria, tamancaria, ferraria e tecelagem. Dos seus pratos típicos destacam-se as seguintes especialidades: Peixe do Rio, Cabrito Assado no Forno do Povo, Vitela na Padela, Feijão Vermelho com Couves e Carne de Porco. Doces típicos: Castanhas de ovos, Corações, Papos de Anjo, Barrigas de Freira e Cavacos.